SindimotoSP
FALE COM O SINDICATO
E-mail: contato@sindimotosp.com.br
ContatoLinksInformativoNotíciasBenefíciosQuem somosHome Quem somos Home Quem somos Quem somos Home Quem somos Quem somos Benefícios Notícias Informativo Links Contato Home Quem somos Quem somos Home Quem somos Quem somos Benefícios Notícias Informativo Links Contato Home Quem somos Quem somos Home Quem somos Quem somos Benefícios Notícias Informativo Links Contato

"Leia meus artigos. Divulgue!"
 
Fale com o Sindicato
 
Parceiros
Parceiros
 

São Paulo, 18 de junho de 2020

PL 254/19 quer proibir motos
entre carros em SP - capital

 
A intenção do vereador Mário Covas Neto com esse projeto é proibir os motociclistas da capital de SP trafegarem entre veículos em todas vias urbanas que sofrerem redução de largura das faixas ou em decorrência da utilização do conceito MULV - Melhor Utilização do Leito Viário.

Quem desobedecer, caso o PL torne-se lei, pagará multa e terá pontos creditados na CNH, conforme estipula o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O SindimotoSP coloca-se totalmente contra esse projeto porque afronta discussões sobre o assunto que já está sendo votado em Brasília na revisão do CTB pela Câmara dos Deputados Federais.

Inclusive, situação semelhante a proibição de motos no corredor em âmbito nacional foi excluída devido intervenção do SindimotoSP e Febramoto junto ao deputado Juscelino Filho, que é relator do projeto, e com o apoio do deputado estadual Luiz Carlos Motta, além da colaboração da Abraciclo.

Para o sindicato, a proibição de qualquer natureza para as motos fere o artigo 5º, inciso XV, que garante a liberdade de locomoção e o direito de ir e vir das pessoas e que, ainda, a proibição de motos nos referidos corredores não é solução para diminuir acidentes e sim, restringir a agilidade que as motocicletas proporcionam, principalmente para motofretistas que dependem disso para o exercício da profissão.

Na discussão sobre mudanças do CTB que estão ocorrendo em Brasília para redução de acidentes com motocicletas, o SindimotoSP e a Febramoto apresentaram as sugestões:

• A criação de faixas de solo com tinta antiderrapante e cores diferenciadas;

• A instalação de radares fixos e móveis para controle de velocidade na via;

• Circulação com velocidade reduzida com limitação de 50 Km/hora com tráfego de veículos parados e nos períodos de tráfego intenso;

• Criação de faixa de espera (bike box) para motociclistas em semáforos e facilitar o acesso;

• Definição de regras para uso dos tachões nas ruas e avenidas;

• Criar regras para a circulação de motos em outros corredores subsequentes aos regulamentados;

• Placa de sinalização vertical e horizontal específica para orientação dos motociclistas e motoristas com campanhas educativas e orientação.

Entre em contato com o vereador Mario Covas Neto para dar sua opinião sobre o assunto.

Telefone: (0xx11) 3396-4444

FAX: (0xx11) 3396-4444

E-mail: covas@saopaulo.sp.leg.br

Site Oficial: http://www.mariocovasneto.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/mariocovasneto

Twitter: https://twitter.com/mariocovasneto


Leia mais notícias

Veja também.............................................................................

A Voz do Motoboy Informativo SindimotoSP O Blog do Gil


Facebook
 
Flickr
 
Twitter
 
YouTube